Mas graças a Deus que nos dá a vitória por
nosso Senhor Jesus Cristo. 1 Coríntios 15:57

Novos pregadores para uma sociedade multimídia
Escrito por Pastor Danilo Cassemiro de Campos   
Dom, 20 de Maio de 2012 21:00

783415 projectorMultimídia é a união de pelo menos uma forma estática de informação ou arte, no caso texto, foto ou ilustração, com um formato dinâmico: áudio, vídeo ou animação. Isso tudo controlado por um computador.

O sistema multimídia possibilita a interação entre o emissor da informação, que se vale destes recursos, com o receptor, aquele que vai acessar um site, e-mail, vídeo, animação, um CD-Rom Multimídia pelo micro, por exemplo.

 

O receptor pode fazer escolhas, clicar aqui, ali, acolá. Redimensionar a tela, acessar um site-rádio enquanto trabalha em um texto como este, pode pesquisar palavras, frases e imagens. Enfim, abre-se um leque enorme de possibilidades.

Vemos uma evolução da comunicação do passado, no mundo bíblico, temos registrado a seguinte ordem de Deus ao profeta Habacuque: "Escreve a visão, grava-a sobre tábuas, para que a possa ler até quem passa correndo (Habacuque 2.2)".

Isso foi uma espécie de outdoor dos tempos antigos, o que hoje vemos nas esquinas e vias movimentadas, em imagens gigantes e letras garrafais, sendo ainda uma das formas de divulgação e propaganda que oferece mais resultados até os dias atuais.

No caso do multimídia no micro, vemos o outdoor se transformar inicialmente numa tirinha tímida de 468x60 pixels de tamanho. Onde havia a troca de frases, palavras ou imagens de forma animada. Mas isso também evoluiu para grandes animações e vídeos que podem tomar a dimensão de toda tela do micro ou de dois terços da área total da página inicial de um site, não sendo uma regra fechada.

Mas o que isso tem haver com os novos pregadores?

Acontece que nosso público está imerso nesse mundo "multimidializado". Com o advento e popularização da internet, principalmente, temos uma ferramenta extraordinária para propagação da mensagem da cruz de Cristo às massas. É um canal extremamente rápido de comunicação e de custo baixo.

Por exemplo, um pastor mantém um site na internet, para postar um artigo, sermão ou estudo, após confeccionado, pode-se fazê-lo com apenas alguns cliques em menos de cinco minutos e então sua mensagem já estará disponível ao mundo todo plugado na grande rede mundial de computadores. Se ele possuir um sistema de cadastro de e-mails em seu site, em uma hora, aproximadamente, pode disparar 10.000 mensagens avisando que postou algo novo no site.

Além disso pode ele gravar um vídeo, caseiro que seja, e postar no conhecido site Youtube gratuitamente e repercutir em seu site o mesmo. Isso além de contar com a ajuda dos buscadores online, que encontram palavras-chaves em sites e os listam, podendo assim trazer-lhe mais visitantes. Isso citamos como forma de propagação do evangelho à gigantesca massa de pessoas, chegado até elas no seu trabalho, casa, lan house ou mesmo no celular.

Mas também se tem utilizado o multimídia para auxiliar na transmissão da palavra de Deus na Igreja local. Por exemplo: atualmente exerço o meu ministério numa igreja antiga, de mais de 80 anos de existência, situada em uma área rural, com acesso por estrada de terra, praticamente um sítio. Mas quem disse que essa comunidade parou no tempo?

Adquiriram um Laptop, um sistema de som, instrumentos musicais e por fim um projetor multimídia, no qual exibimos textos bíblicos, a própria liturgia, com cânticos e hinos, além dos pontos da mensagem enquanto pregamos, podendo frisar versículos, usar imagens impactantes ou mesmo vídeos como recurso de fixação ou elucidação.

Um pastor amigo meu, de uma cidade próxima fez uma pergunta que me pareceu até estranha: "será que usando o projetor na pregação eu vou escandalizar os irmãos?". Não critico o cuidado deste querido pastor, mas é necessário que alinhemos nossa pregação aos recursos que o mundo moderno nos oferece.

Muda a forma, mas o conteúdo continua o mesmo, não há o porquê se escandalizar. O multimídia deve ser usado para somar, para nos ajudar a servir com maior eficiência ao nosso Deus.

Dicas para projeção multimídia
Com formação em Design, atuando na área, tenho observado algumas coisas em igrejas quanto a projeção que podem ser melhoradas, assim sendo, aproveito para dar as seguintes dicas:

1 - Cuidado com a popular Marca d'água de fundo, deixe-a bem clara e faça um teste para ver se não está atrapalhando a leitura, se mesmo assim não resolver, não use;

2 - Não use Marca d'água animada, isso confunde os olhos dos leitores;

3 - Use letras com poucos detalhes, principalmente para o corpo da projeção. Arial, Verdana ou a própria fonte padrão da IPB, a ZaftHumanst, são bons exemplos disso. Também cuidado com o tamanho do corpo, nesse ponto, seria o ideal deixar em um tamanho que proporcione boa leitura, se necessário, dividindo o texto em mais de um slide;

4 - Use pouco texto por slide, excesso de texto confunde e torna-se cansativo;

5 - Divida verticalmente em três partes iguais os slides e utilize como área útil as duas primeiras partes de cima. Isso, se sua área de projeção for baixa, o que pode tornar impossível a leitura da terceira parte;

6 - Cuidado com o uso excessivo de imagens. Cada imagem já traz muita informação aos olhos, então use uma ou duas, no máximo, por slide;

7 - Não use imagens em slide de cânticos ou hinos, pois isso dificulta a concentração na leitura da letra. As pessoas podem passar a admirar as imagens ao invés de participarem integralmente neste momento de louvor a Deus, além de confundir os olhos.

 

 

 

 
Share on Myspace